• Tire todas as suas dúvidas sobre a Reforma Trabalhista. Baixe agora o nosso ebook gratuíto!
  • baixe o e-book
  • Siga-nos no Facebook
  • Siga-nos no Twitter
  • Siga-nos no Linkedin

(51) 3026-8282


Blog

06 de Setembro de 2017

Operação contra fraudes tributárias investiga empresários no RS

Muito falamos com os nossos clientes sobre a importância de respeitar a legislação. Por isso, achamos interessante divulgar uma operação contra fraudes tributárias que ocorreu no Rio Grande do Sul, na semana passada.

Foram seis meses de investigação da Receita Estadual sobre uma rede varejista. A suspeita é de que a organização utilizava laranjas para abrir novas empresas, pulverizar lucros e manter os benefícios fiscais do Simples Nacional. "Alguns sócios e ex-sócios são funcionários das empresas ou pessoas sem ligação nenhuma com o negócio", informa o chefe da Divisão e Fiscalização e Cobrança da Receita Estadual, Edson Moro Franchi.

O grupo de lojas de roupas femininas, que não teve o nome divulgado, passou por mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo e Bento Gonçalves. Ainda não está concluído o cálculo de quanto a empresa deveria ter pago se estivesse enquadrada corretamente pelo seu faturamento. Mas a estimativa é que o valor supere R$ 20 milhões. Isso se soma a dívidas de R$ 2 milhões de impostos que também foram identificados.

A operação da Receita Estadual foi a primeira de uma série que averigua fraudes conta o Simples Nacional. Lembrando que o programa concede alíquotas reduzidas para micro e pequenas empresas com faturamento máximo de R$ 3,6 milhões. O processo de investigação envolve o cruzamento de dados e a posterior busca e apreensão de documentos para embasamento.

Fonte das informações: Rádio Gaúcha